1  2 
Móvel Antiquário
Cantinho preferido dos brasileiros
Móveis curinga
Materiais em alta
Moda e decoração andam juntos
Vermelho ganha espaço na decoração
Dicas de como deixar a casa ou apartamento com a cara nova da estação
 1  2 
Materiais em alta
A madeira a grande sensação da vez. Re-apareceu em porcelanatos, cerâmicas, painéis, laminados, pisos, paredes, louças. Mas veio renovada, tratada como elemento ecológico e, principal, desgastada pelo tempo. Veio acompanhada de seu passado, de seus veios, do seu bom uso. Veio de forma direta ou indireta . Veio em forma de decks, subiu paredes, avançou até os tetos, fez bancadas, virou cuba, ganhou o chão. Veio sozinha, ou modernizada, acompanhada com frisos metálicos, formando paredes. Veio rústica, veio uniforme, clara ou escura, densa ou suave, cheia de veios.
Assim como grande parte das matérias primas utilizadas em arquitetura e decoração, o uso da madeira tem seus períodos de tendência. Nos últimos tempos, esse material estava sendo esquecido e substituído por laminados que imitam seus veios e sua textura. No entanto, ela está de volta e sendo aproveitada nos mais variados ambientes e objetos de decoração.
Nota-se, nas exposições e mostras de decoração, a presença dos materiais de demolição, que dão um charme especial ao projeto e agradam aos arquitetos e decoradores.

Utilizada de várias formas, a madeira de demolição é recuperada de casarões antigos e, após receber o devido tratamento, transforma-se em mesas, bancos, aparadores etc. E além da qualidade, o produto torna os espaços mais aconchegantes e bonitos, coordenando harmoniosamente o rústico com o moderno

Em geral, os móveis feitos com madeira de demolição são peças de peroba ou canela, carregadas de história e tratadas pelo tempo. Diferente das opções novas, a madeira de demolição sofre um efeito de estufa natural, o que impede retração ou empenamento. É um produto ecologicamente correto pelo fato de ser reutilizadas, o que evita a destruição de florestas.



O floral foi outra grande tendência que veio para ficar e que tem se sofisticado a cada coleção, seja na sua forma de apresentação, na tecnologia aplicada ou no material utilizado. E não apareceu apenas nos produtos. Sua feminilidade, sua suavidade e seu carisma estiveram presentes nos estandes - dentro e fora deles, na forma de rosas brancas , de quadros decorativos  a até em uma outra grande tendência da decoração: os adesivos.

O metal, velho conhecido, veio com outra roupagem e não dispensou elogios. Viu-se o inox revisitado, o brilho e o fosco, por vezes hipnótico. Ganhou textura. Ganhou vida. Ganhou espaço. Ganhou as cubas, as pastilhas, o porcelanato. Enfrentou o piso, subiu paredes, foi destaque, peça principal. Ganharam espaço o bronze e o dourado, em grandes painéis ou apenas em detalhes, seja no efeito lapado ou em arabescos sobre peças, muitas vezes provando que é, sim, feminino.

Também os produtos naturais tiveram seu espaço nas coleções. Vieram de forma viva, ao natural, sem releituras ou parentescos. Empresas apostaram em casca de coco, casca de arroz, sementes e até madeira de demolição. Vieram como detalhes na composição com outros revestimentos, formando painéis ou até revestindo o mobiliário. Deu no que deu: alta decoração com forte apelo ecológico.

Uns chamam de óptico, outros hipnótico, outros Sixties. Muitos coloridos, cobrindo paredes inteiras, outros tantos mais discretos, com inserts de cristal. Mas uma coisa é clara: esta nova tendência, ao meu ver, tem ares de retrô, da procura de um glamour esquecido pelo tempo, seja ele moderno ou clássico. Sofisticação pura.
 login
 senha
Suíte Daniel
 nome
 e-mail
         
norton 360 Rua Coronel José Vitoriano Villas Boas, 382 - 18600-130 - Centro - Botucatu / SP - 14 3882-4684 / 9735-9898